Policial militar tem parte do corpo queimado após impedir suicídio

Colete do policial após ficar ferido na ocorrência - Foto: Polícia Militar, Divulgação.

Na última terça-feira (10), em Rio Negrinho, um policial militar ao tentar evitar um suicídio sofreu grave queimaduras pelo corpo. Segundo informações recebidas, um homem no bairro Jardim Hantschel, ameaçava se matar ateando fogo em si.

Na tentativa de evitar que o pior acontecesse, o Policial Militar segurou o homem tentando impedir que ele ateasse afogo, mas infelizmente neste instante ele conseguiu acender um isqueiro, dando início as chamas.

O cidadão e o militar foram rapidamente socorridos pelas demais guarnições policiais que prontamente deslocaram em apoio a ocorrência e deram o suporte às vítimas até a chegada da Guarnição do Corpo de Bombeiros e SAMU.

Após receber os primeiros atendimentos, o policial militar foi transferido para o Hospital Dona Helena em Joinville pelo helicóptero Águia da Polícia Militar, onde irá receber atendimento especializado devido a gravidade das lesões.

O homem tem passagens policiais por tráfico de drogas, lesão corporal grave, furto, posse de drogas, dano, violência doméstica, roubo e porte ilegal de arma de fogo.

 

Comentários