Hoje tem protesto contra o policial que atirou em cachorro

Imagem/Divulgação

Uma manifestação de protesto está marcada para o início da noite desta sexta-feira, em frente ao batalhão da polícia Militar de Itajaí. O protesto é contra o PM que atirou no cachorro do andarilho. O cão latiu quando os policiais se aproximaram do andarilho, que foi revistado pelos PMs.

Ativistas da causa animal e membros da comunidade marcaram o protesto pras 19h e prometem fechar a rua Felipe Schmitt, no centro de Itajaí. A organização do protesto está sendo feita pelas redes sociais e toda a população está convidada.

Adriana Veiga, uma das organizadoras, diz que a convocação da comunidade é por conta da ação policial. Ela considera o disparo um ato de covardia contra um animal que não oferecia perigo. Ela também lamenta o despreparo do PM numa ação em uma rua que é palco de lazer, e que estava repleta de pessoas e crianças. “Poderia ter ocasionado uma tragédia,” lamenta.

A manifestação busca justiça pro animal e explicações sobre a ação do PM. “Isso é um risco à sociedade”, comenta.Fazem parte do protesto as ongs Amor Animal, Abrigo Costelinha e SOS Peludinhos.

Comentários