Em Penha, alteração no projeto atrasa a obra na praia do Trapiche

Imagem/Divulgação

Fechada desde o dia 8 de março de 2019, após a Defesa Civil de Penha interditar o trapiche de Armação do Itapocorói, moradores e turistas esperam ansiosos a abertura do novo trapiche prometido pelo prefeito Aquiles Costa (MDB).

O prazo para que o novo trapiche ficasse pronto era para o dia 17 de janeiro, mas uma alteração no projeto inicial do trapiche atrasou o término da obra. O motivo da alteração foi a identificação das madeiras que seriam usadas na estrutura, segundo o engenheiro responsável pela obra, o madeiramento do deck estava em péssimo estado de conservação e teria que ser feita uma troca total.

Com essa alteração no projeto, o prazo de entrega foi prorrogado por mais 60 dias e o custo da obra sofrerá um aditivo de R$148 mil, passando de R$ 566 mil, para R$714 mil.

Sem transatlânticos:

Programado para o primeiro transatlântico atracar no mês de dezembro na cidade, com atraso na obra do trapiche, Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), impediu a abertura da temporada de transatlânticos no município. De acordo com o secretário de Planejamento Urbano Fredolino Alfredo Bento, está sendo negociado a vinda dos transatlânticos no mês de março.

Comentários