Após prisão, Meio kilo reaparece na praia do Gravatá sem tornozeleira

Imagem/Divulgação

Neste domingo (05), quem apareceu na praia do Gravatá, em Navegantes, foi o ex-secretário de obras Sebastião Alves da Silva, vulgo “Meio Kilo”, preso na operação Cidade Limpa, no dia 13 de novembro de 2019 em Navegantes.

Em conversa com alguns moradores, o ex-secretário teria dito que é inocente e colocou a culpa no ex-prefeito de Navegantes, ‘BOB CARLOS’, e ainda prometeu a construção do restante dos 230 metros do molhe do Gravatá.

 Operação Cidade Limpa:

‘Meio Kilo’ passou cinco dias preso no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí (Canhanduba), teve sua liberdade concedida com a imposição de medidas cautelares, entre elas a proibição de se aproximar de qualquer prédio público e o uso da tornozeleira eletrônica. Ele e outras 10 pessoas sendo uma delas o ex-prefeito de Navegantes, Roberto Carlos de Souza, foram indiciados pelos crimes de organização criminosa, fraude a licitações, lavagem de dinheiro e corrupção ativa e passiva.

Segundo o Ministério Público, o grupo criminoso é integrado também por agentes públicos que, mediante pagamento de propinas, garantiam que as empresas fossem pagas regularmente, permitiam a renovação dos contratos sem novos certames e facilitavam a inserção de serviços não realizados em listas de pagamentos, elevando os valores devidos pelo município.

Estima-se que o grupo fraudou aproximadamente R$16 milhões entre 2015 à 2020.

Comentários